29er – Morro do Exército – Bike

Bicicleta nova. Aconteceu. No final do sábado foi a apresentação. Combinamos de sair juntos pela primeira vez no domingo, bem cedo.

Quando amanheceu com uma chuva leve, nada pude fazer. Já estava alinhado o encontro, que ocorreu independente das condições climáticas.

Pedalar uma bicicleta aro 29, é “diferente”. Estou me acostumando com esta nova configuração. Porém já na largada, uma boa surpresa. Sem muito esforço é possível atingir e manter uma velocidade em torno de 27 a 28km/h.

Fui em direção ao Morro do Exército / Morro das Abertas ou Aberta dos Morros. O dia clareava lentamente. As nuvens de chuva deixaram a luminosidade com pouca intensidade.

29er01
Subindo

Subir a lomba. Muito tranquilo, uma vez que a bike conta com uma catraca com megarange.

Entrando na trilha, me deparei com um trecho em que era impossível pedalar. Desmontei e empurrei. Ficou evidente o peso maior desta bicicleta em relação a que eu costumava utilizar. Há de se computar o peso extra da suspensão, rodas maiores entre outros detalhes.

29er02

Vencido a subida do morro. Um breve momento contemplativo. A temperatura baixa e a chuva, obrigam a não ficar parado.

29er03

Me preparei para descer a trilha. “Yes”, desta vez estou com uma bike própria para este tipo de atividade. Tentei descer o selim, para adotar uma postura com o centro de gravidade mais baixo. Para “voar lomba abaixo”. E surpresa. O banco baixa muito pouco. Na minha opinião é uma falha de projeto. Existe na barra em que o canote encaixa no quadro, uma espera para suporte de garrafa. E dentro deste cano existem rebites para suportar os parafusos. Estes limitam a entrada do canote do selim, impedindo que o banco baixe significativamente. Fique atento a este detalhe quando escolher a sua. Vou resolver o problema serrando um pedaço do canote. Vale lembrar que existe um limitador. Caso desconheça o tamanho mínimo que o canote deve ficar inserido dentro do quadro, busque esta informação, antes de modificar o seu equipamento.

29er07
Parafusos que limitam a altura do banco
29er05
Iniciada em trilhas

Baixei apenas um pouquinho o banco e soltei as amarras. Trilha abaixo. Velocidade alta. Suspenção e freios a disco, ambos sendo bastante exigidos. Ousei fazer o que antes eu receava, em função da limitação de meus antigos pneus de banda lisa. Foi libertador.

29er04

Enfim, escolhi uma trilha curta, que eu já havia feito algumas vezes, para testar a nova bike. O saldo foi positivo. Preciso utilizar um pouco mais ela, para recomendar a troca. Foi muito promissor este primeiro encontro.

29er06

O interessante é que nesta trilha, completei os 1000km de deslocamento somente utilizando minha força motriz, dentro do ano de 2016.

RESUMO

17,49 Km Pedalados

1h37 Pedalando

646 Calorias queimadas

Dificuldade: Fácil

29erMap

clique no mapa para o track GPS

Advertisements

One thought on “29er – Morro do Exército – Bike”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s