Porto Alegre – Viamão – Itapuã “Leprosário”

Inúmeras são as ocasiões em que me aventurei pela região de Itapuã.

Não era meu objetivo primário visitar novamente o Hospital Colônia de Itapuã, vulgo “leprosário”. Mas como fui impedido de prosseguir no meu primeiro objetivo, fiz nova visita ao local.

Este Hospital que foi inaugurado em 1940, abrigou / segregou os portadores da hanseníase. Era quase que um campo de concentração. Pois quem contraia a doença na região, era enviado contra sua vontade ao local. Entrar no local não é tarefa fácil. Existe uma guarita na entrada, que é zelosamente vigiada por guardas armados.

HCI01
A guarita

 

O local não é aberto para visitação do público em geral. Eu solicitei autorização para entrar. Lá ainda é possível ter contato com os últimos moradores, que ao que tudo indica, após a saída, ou falecimento dos mesmos, o local tende a ser abandonado. As construções já sentem o peso dos anos sem manutenção e estão parece sofrendo de hanseníase. Tudo lá é muito calmo. Poucas pessoas.

HCI02
Pórtico dentro do Hospital

HCI03

Igreja sofrendo coma a ação do tempo, telhado desabando

HCI03A

Caminho para o cemitério

HCI04
Cemitério

HCI07

HCI09
Casas

HCI08

Escola

—————–

Pedalando para Itapuã. É na minha opinião um dos melhores lugares para se pedalar na região de Porto Alegre / Viamão. Após o Canta Galo, uma estrada plana, com um acostamento pequeno, porem suficiente para uma bicicleta. Baixa circulação de veículos e cercado de vegetação. Melhor impossível.

HCI06HCI05

HCI10

Link para a trilha GPS http://www.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=9425034

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s